Impressões: 12ª Feira Nacional do Livro

Como sempre, o Varal Diverso faz questão de acompanhar ao máximo os eventos culturais de Ribeirão Preto e, como não poderia deixar de ser, acompanhamos a 12ª Feira Nacional do Livro.

Segundo a organização da Feira, a edição de 2012 recebeu mais de 500 mil visitantes e teve a participação de alunos de mais de 80 municípios. Dentre as mais de 600 atrações — todas gratuitas —, escolhemos algumas das quais pudemos participar e registrar.

O show de Moraes Moreira e Davi Moraes, apesar de intimista, reuniu cerca de 10 mil pessoas e emocionou diversas gerações ao relembrar grandes sucessos da música brasileira. Pai e filho reviveram clássicos dos Novos Baianos, até as músicas da carreira solo de Moraes. Destaques para “Brasil Pandeiro”, “Swing de Campo Grande”, “Preta Pretinha” e “Asa Branca”. Entre as diversas histórias contadas entre as músicas, Moraes comentou que se sente satisfeito quando vê que o público jovem canta seus antigos sucessos.

E o que falar sobre Ariano Suassuna? Fica até difícil resumir em palavras a passagem de Suassuna pela Feira do Livro. O cenário era esse: filas quilométricas do lado de fora e o Theatro Pedro II completamente lotado. E como num passe de mágica, eis que Suassuna surge no palco com os braços no alto, acenando para a plateia.

O dramaturgo e romancista revelou que a base de suas criações são os livros e o circo. Ele se diz um “palhaço frustrado”, pois sempre foi apaixonado por circo, mas acabou cursando Direito, mesmo sem vocação. Com a língua ácida, Suassuna fez várias críticas sobre as produções artísticas do Brasil, entre outros aspectos da cultura nacional. “Meu trabalho fala sobre a raiz do meu povo. Brasileiro precisa perder essa mania de importar cultura”, comentou o romancista sobre a desvalorização dos artistas nacionais. Suassuna é reconhecido, principalmente, por seus romances Auto da Compadecida e A Pedra do Reino.

Mais tarde, no palco da esplanada, outro momento marcante dessa Feira: o show de simpatia e carisma de Jair Rodrigues. Humilde como quase nenhum outro artista, Jair esbanjou talento e energia no palco. Passeando por toda sua carreira musical, Jair disparou um sucesso atrás de outro, enquanto a praça lotada acompanhava em coro hinos como “Romaria”, “Arrastão”, “Disparada” e “Deixa Isso Pra Lá”. E quando ninguém esperava, Jair desceu para cantar, no meio da multidão, a clássica “Majestade, O Sabiá”! Confira:

Outra participação que nos chamou a atenção foi o ator e palhaço Márcio Libar. Ele é capaz de deixar o público estarrecido quando defende a ideia de que as pessoas não passam de meros personagens, pois se vestem e se comportam em função do que os outros vão pensar. Parece um papo meio clichê, mas faz sentido, pois a plateia ficou muda quando Libar soltou: “O que é melhor? Ser quem você realmente é ou ser aquilo que as pessoas querem que você seja? Falta coragem para ser quem a gente realmente quer”. Para Libar, “o palhaço é a arte da verdade”, no sentido mais amplo que isso possa significar. Foi um papo bastante transformador!

A jornalista Eliane Cantanhêde participou de um bate-papo super construtivo sobre política. Ela comentou sobre os últimos presidentes eleitos no Brasil, já que mora e atua em Brasília, diretamente com os políticos. Segundo a jornalista, os três últimos presidentes exerceram mandatos complementares. “O Fernando Henrique acabou com o monopólio das telecomunicações e criou o Plano Real, o que possibilitou uma queda considerável da inflação. O Lula quebrou vários paradigmas sociais, fez um ótimo trabalho de inclusão social. Já a Dilma, vejo como uma síntese entre os dois anteriores e percebo que ela quer estar acima de qualquer partido”, acrescentou.

A jornalista e escritora Eliane Brum também esteve na Feira para falar sobre seu trabalho com jornalismo e também de seu livro Uma Duas. Eliane passou a ser reconhecido nacionalmente depois que passou a escrever para a coluna “A Vida Que Ninguém Vê”, em que ela relatava sua experiência com dramáticas histórias cotidianos que não tinham espaço na imprensa. Eliane se considera uma “escutadeira” antes de tudo; só assim, segundo ela, é possível relatar com propriedade fatos de uma notícia. “Jornalismo é muito substantivo. Escuto a complexidade do real e até o silêncio, porque até quando uma pessoa para de falar, ela não para de dizer”, comentou.

A cantora Gal Costa se apresentou, pela segunda vez, na Feira do Livro, mas dessa vez com o show de seu novo disco Recanto, composto e produzido por Caetano Veloso. Imponente como sempre — mas um tanto rouca, se recuperando de uma laringite —, Gal cantou músicas de seu novo repertório, como “Tudo Dói”, Neguinho” e “Cara Mundo”, além de sucessos que a consagraram, “Meu bem, meu mal”, “Barato Total”, “Baby” e muitas outras. Gal fez mais um ótimo show que vai deixar saudades!

Outra que também esteve pela segunda vez na Feira foi a cantora Roberta Sá — a primeira foi em 2010. Quase 10 mil pessoas foram acompanhar o show de seu mais recente disco Segunda Pele. Além das novas músicas, Roberta relembrou alguns de seus sucessos como “Mais Alguém”, “Ah, Se Eu Vou” e “Alô, Fevereiro”, e outras canções que embalaram o público.

Cantando para mais de 7 mil pessoas, Mallu Magalhães apresentou seu terceiro disco, Pitanga. Considerada uma das revelações musicais da atualidade, talentosa e cheia de estilo, a jovem cantora mostra que está cada vez mais madura e segura de sua música. O show começou com “Velha e Louca”, música de trabalho, e seguiu com “Baby, I’m Sure”, “Shine Yellow”, entre outras. Deixando de lado os sucessos do início da carreira, Mallu empolgou a plateia com os covers de Falamansa, Mano Chao e Bob Dylan. Confira também a resenha que nosso amigo Vinicius Felix, do Blog do Bracin, escreveu a respeito desse show.

Se quiser conferir mais fotos e vídeos dessas e de outras atrações, visite nossos Flickr e Picasa, além do nosso canal do YouTube.

About these ads

Um comentário sobre “Impressões: 12ª Feira Nacional do Livro

  1. Pingback: Impressões: os shows de abril a outubro « varal diverso

Deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s